Preciso te confessar uma coisa: é difícil para mim te explicar o que eu faço sem uma imagem, sem um rabisco.

Com eles consigo te dizer, instantaneamente, o formato do livro, se ele é longo ou curto, se a capa tem uma textura ou não, se o papel do miolo é gostoso de tocar, que cheiro ele tem ao abrir e o barulho das páginas ao virar.

Preciso de muitas palavras para te contar que, ao abrir o livro, ele tem uma mancha larga, cores chapadas nas aberturas, títulos grandes no início sempre alinhados à direita e que, no caso desse livro que gostaria de te mostrar, num rabisco que seja, as imagens seguem ao longo do texto, subordinadas a ele, pois o texto continua a existir se elas não estiverem lá. Mas elas estão. Lindas, mudando sua experiência de leitura, a cada página uma surpresa.

Alías, esse virar de página tem muito para contar. Como é ele para você? Em alguns livros, para mim, é como subir uma montanha: você sobe, sobe, sobe, e quando chega no topo encontra uma nova paisagem a ser explorada, o que pede pausa, fôlego e apreciação.

O virar de página ecoa o ritmo do livro. Muitas vezes, ele é premeditado por quem faz, outras vezes esse ritmo escapa de qualquer planejamento pois o leitor, no ato de ler, também é agente do livro, assim como o texto, a imagem e o suporte.

Muitas vezes há uma confusão sobre as montanhas. Quem disse que ler rápido é ler bem? Quando você corre, sem fôlego, consegue ver com a mesma qualidade o que o topo da montanha te mostra? Olhar, respirar, parar, também são atos de um leitor. E você? Como lê um livro?

Viu como é difícil explicar? Foram várias palavras que poderiam estar contidas em uma só imagem. Com um título, nome do autor e logo da editora.

--

--

--

Desenho gráfico editorial, especializado em livro para a infância.

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Rita M. da Costa Aguiar

Rita M. da Costa Aguiar

Desenho gráfico editorial, especializado em livro para a infância.

More from Medium

How the (3,3) meme still could not solve the game theory behind rebase tokens.

The biggest ideas in tech often lurch into the lexicon before they are truly coherent.

Why I left Google and joined Moveworks

Web2 refers to the version of the internet most of us know today.